A Vida É como Um Ovo: Tentar Equilibrá-lo é uma tarefa Desafiante

Enquanto ouvia o podcast sobre o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional ouvi o comentário delicioso da Fernanda Freitas (empresária) em que ela diz: “Tente equilibrar um ovo e percebemos… (sorriso), a nossa vida é um ovo. Está tudo lá dentro. Está a nossa vida pessoal, a nossa vida profissional e a nossa vida familiar, a vida social com os amigos e, portanto, todas estas dinâmicas da vida estão dentro do ovo, portanto tentar equilibrá-lo às vezes não é fácil”.

Como seres humanos não temos a hipótese de carregar num botão (on/off) e desligar automaticamente os pensamentos da vida pessoal para dar lugar ao ship profissional. Há mesmo quem acredite que devemos parar de falar numa vida pessoal e profissional separada, como se fossemos duas pessoas (que não somos) pois a vida é só uma e cada pessoa assume diferentes papeis e tarefas que deve saber conciliar.

A questão não é sobre quem tem razão, a questão é sobre como podemos e devemos fazer uma gestão equilibrada. Não adianta afirmar que é difícil, claro que é difícil. Estamos a falar de gerir pessoas (que podem ser os nossos próprios familiares), gerir o tempo (e aqui o tempo parece andar demasiado depressa ou demasiado lento, consoante a necessidade…) e gerir emoções (stresse, irritabilidade, frustração e ansiedade podem estar na base).

Sabe quantas receitas existem para fazer um bolo de chocolate? Fiquei impressionada com o número que apareceu na pesquisa do goolge, 75 800 000 resultados. Não sei se este número o impressiona, mas decerto que em alguns casos a receita não funciona, e noutros a receita parece tão detalhada que se torna confusa. O mesmo acontece com tudo aquilo que lemos sobre técnicas e estratégias, de como fazer uma gestão adequada ou equilibrada da vida pessoal e profissional.

O mais relevante a saber, não é “partir ao meio”, mas sim repartir em partes que se adequem aos objetivos que traçamos. Outro aspeto relevante é olhar para esta questão, tendo em vista que a vida oscila, não é estática, ela é dinâmica e desta forma, move-se mais para a esquerda ou mais para a direita. O que torna tudo tão angustiante para a maioria das pessoas, é tentar equilibrar, quando não é necessariamente a chave da questão.

Qual deve ser o meu foco?

Para me sentir bem, sem dúvida que os pensamentos devem estar alinhados. O ritmo de vida acelerado não permite muitas vezes uma gestão eficiente da energia que despendemos diariamente para dar resposta aos desafios. É preciso ter uma mente flexível que nos ajude a olhar para cada tarefa de forma mais apelativa e mais gratificante. Não adianta manter a cabeça cheia de pensamentos tóxicos principalmente, pensamentos negativos que dizem respeito a uma imagem deturpada de si próprio.

Lembre-se: o pior inimigo que pode ter na sua vida, é você próprio.

Aceda aqui ao vídeo Equilíbrio entre a Vida Pessoal e Profissional.

Rating: 5 out of 5.

#psicologia acompanhamento psicológico ansiedade bem-estar brain cliente coaching consulta psicológica covid-19 crescimento pessoal criança crianças cérebro depressão desenvolvimento humano desenvolvimento pessoal dicas emoções felicidade filme happiness leitura ler life life style livro mindset padrão de comportamento pais pensamentos personalidade psicologia psicoterapia psicólogo-paciente Psychology reflexões relação terapêutica relações serie tv sofrimento stress sugestão leitura terapia tomada de decisões vida

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close