Podemos conquistar tudo o que queremos, mas não podemos querer TUDO ao mesmo tempo

Pode construir uma carreira de sucesso, pode escrever um livro e publicar, pode viajar pelo mundo inteiro, pode aprender a tocar guitarra e pode aprender a falar russo.

Sim, podemos fazer todas estas coisas ao longo da vida, mas não podemos fazê-las todas de uma vez só, se pretendemos atingir um patamar superior. E, mais importante que tudo, é preciso pensar que talvez, não chegue a conseguir excelência em todos estes campos se não estiver disposto a investir um vasto número de horas diárias em prol, de outras atividades e responsabilidades.

Ao longo de muitos anos, sempre se abordou a questão em torno do conceito de multitasking e o fato de termos capacidade para realizar inúmeras tarefas ao mesmo tempo. Quase como a sensação infinita (mas falsa!) da quantidade de coisas que podemos fazer. A questão aqui não tem a ver com a quantidade de coisas que eu consigo, ou não, realizar ao mesmo tempo, mas sim, com a qualidade com que eu as consigo fazer. E para fazer realmente alguma coisa com qualidade, é preciso foco e atenção. É preciso treino, é preciso aprimorar as nossas skills, é preciso inteligência emocional, é preciso uma estratégia, um plano e mais importante que tudo… tempo.

Penso que a ideia pode ficar mais clara se tiver em mente o provérbio russo que diz: “Se perseguir dois coelhos, não apanhará nenhum deles”. Isto quer dizer que ambos os coelhos podem ser importantes, mas se decidirmos ir atrás dos dois ao mesmo tempo, é provável que nem um apanhemos.

Então, a ideia que quero transmitir hoje é que devemos criar uma mudança sustentável na vida, começando por escolher uma “única coisa” e esta, deve passar a ser o foco. Portanto, deve escolher – e perseguir – um coelho de cada vez.

E este é o segredo da maestria: fazer uma “única coisa”, praticá-lo todos os dias e investir.

Parece impossível? Não é.

Se me perguntar se é fácil numa primeira tentativa, não, não é. É preciso comprometimento, autodisciplina, estarmos preparados para abdicar de algumas coisas paralelas na vida e dedicar imenso tempo para atingir a meta.

MAS… se me pergunta se é possível? Sim é! Não vou dizer que não vai ser duro (porque vai…) pois, implica que para ter realmente sucesso em alguma coisa se dedique a ela 100% (ou pelo menos, que a maior parte das suas energias e atenção sejam dedicadas a ela [mais à frente explico melhor]), sabendo em consciência que esta escolha pode ter impacto na esfera pessoal, social, familiar e profissional dependendo do que queremos.

Parece simples, mas colocá-lo em prática pode ser um desafio. Um bom desafio! Isso porque somos todos bastante inconstantes. Nós tendemos a perder o interesse pelas coisas muito rapidamente. E nesta era moderna, a nossa atenção pode ser traiçoeira. É muito fácil, perder o foco, basta olhar para o lado por um segundo e podemos ser desviados do caminho.

Independentemente da sua escolha, deve escolher apenas uma. E deve fazer desta “única coisa” a sua prioridade. E a razão remonta a isto: todos nós temos uma quantidade limitada de energia. Se perseguimos muitas coisas ao mesmo tempo, afogamos a nossa energia e enchemos a cabeça de caos. Em vez disso, se aprendermos a direcionar a energia para uma coisa de cada vez, podemos ir mais longe nesta “única coisa”.

4 Coisas que Deve Fazer Após Ter Escolhido a sua “Única Coisa”

1) Priorize – Ela deve estar presente todos os dias durante vários dias, deve ser onde recaía a maior parte da sua energia.

2) Comece pequeno – Não queira atingir um grande patamar no início. Comece pequeno, mas comece bem feito. Não tenha pressa em avançar. Vamos imaginar que a sua “única coisa” é correr a maratona de Londres. Comece pequeno, faça treinos diários de corrida de 30 minutos, faça treinos de alongamento, procure vídeos “inspiracionais” na corrida, procure ler artigos sobre ela; Alargue a corrida, comece a controlar a distância versus o seu tempo, corra 45 minutos e depois passe a correr 1h, 2h..,  ajuste a alimentação consultando um nutricionista, procure suporte psicológico; Experimente participar em corridas mini e meias, faça-o várias vezes; decida quando vai estar pronto para participar na sua “única coisa” e vá! Vá ser feliz!

3) Mantenha-se consistente à ideia inicial – Não queira mais do que aquilo a que já se propôs fazer. A maneira mais fácil de manter a consistência é criar um ambiente à sua volta que suporte a sua “única coisa”. Por exemplo, pode alterar a tela inicial do telefone para fazer a pergunta “Fez sua ‘única coisa’ hoje?”

4) Diga ‘não’ às tentações – É tão fácil sairmos fora da rota que devemos mantermos atentos a qualquer tentação que perturbe a chegada à meta. É reconhecer que nem todas as coisas importam igualitariamente, mas a sua “única coisa” é mais importante. O seu tempo é finito, assim como sua a energia, aprenda a dizer ‘não’ a tudo aquilo que não contribui positivamente para a sua “única coisa”.

Por fim, mas não menos importante, lembre-se que seja qual for a sua “única coisa”, ela deve proporcionar alegria, paixão, sentido de liberdade e felicidade. Não pode ser transformada em algo mau, negativo, demasiado obsessivo que existe de forma desapropriada e desagregada às condições que temos e sobretudo, como forma de escape ao que não conseguimos atingir em outras áreas da vida. Se queremos provar alguma coisa na vida, devemos prová-lo à pessoa mais importante nela – Yourself.

É SEMPRE importante equilibrar a balança, sempre.

Inspirado no artigo de Omar Itani, 2020.

#psicologia acompanhamento psicológico ansiedade bem-estar brain cliente coaching consulta psicológica covid-19 crescimento pessoal criança crianças cérebro depressão desenvolvimento humano desenvolvimento pessoal dicas emoções felicidade filme happiness leitura ler life life style livro mindset padrão de comportamento pais pensamentos personalidade psicologia psicoterapia psicólogo-paciente Psychology reflexões relação terapêutica relações serie tv sofrimento stress sugestão leitura terapia tomada de decisões vida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close