Birra de adultos… diz-lhe alguma coisa?

É normal ouvir falar sobre birras das crianças e o modo como isso se torna constrangedor para os pais e/ou seus educadores. Enfrentar uma birra do filho em público não é algo que queiramos fazer. Existem muitos pais que evitam ir a determinados locais por assimilarem que assim evitam mais um momento de stresse em público. Evitam, muitas vezes, uma rotina de vida normal pelo desgaste que este comportamento provoca na dinâmica da família.

Mas hoje não vou falar de birras das crianças, mas sim dos adultos. Alguma vez parou para pensar na quantidade de vezes que fazemos birra? Bom, quando falo em birra não estou a falar da típica birra, drástica e teatralizada (mesmo assim…às vezes chega a ser muito próxima de uma verdadeira peça de teatro), mas aquela que aparece subitamente no meio de uma conversa ou perante um pico de stresse numa comunicação entre duas ou várias pessoas. A birra nos adultos é muitas vezes observada no contexto laboral entre colegas, entre amigos ou entre um casal.

Como se carateriza a birra do adulto?

A birra do adulto pode revelar-se num verdadeiro aparato! Há quem chame nomes, vire as costas, bata com a porta, atire coisas ao chão, empurre os colegas de forma subtil ou finge que não ouve (será que na birra somos assim tão distintos das crianças?). Ela está intimamente ligada à personalidade da pessoa e dependente das diferentes circunstâncias no momento em que ocorre. A causa que provoca a resposta comportamental de birra, também pode aumentar ou diminuir a intensidade.

Uma birra no adulto, pode mesmo tornara-se num comportamento patológico, tendo em conta que a pessoa passa a assumir um tipo de comportamento desajustado e certamente, afetará não só o seu equilíbrio emocional como os demais à sua volta, nos seus diferentes papéis, como seja o trabalho, a vida social e a vida familiar.

O que nos leva enquanto adulto a fazer birra?

Na verdade, o mesmo que leva as crianças – FRUSTRAÇÃO. Quando nos sentimos frustrados por falta de atenção, de obter respostas ou que sejam partilhados conteúdos de terceiros connosco, isso pode levar-nos a sentir frustração, alterando o nosso estado emocional para um grau mais agressivo ou autoritário. Não nos podemos esquecer o que significa um estado de frustração pelo olhar psicológico:

“Um sentimento desagradável que se produz quando as expetativas de uma pessoa não são satisfeitas por não poder conseguir aquilo que pretende” in Conceito.de

Podemos também neste aspeto, introduzir o conceito de expetativa. Se temos uma determinada expetativa por uma situação ou por uma pessoa, isso pode levar-nos, em determinada circunstância, a passar por um momento de frustração que consequentemente pode dar origem ao ativar do gatilho da birra.

O que fazer?

Cada um de nós tem as suas ferramentas pessoais (emocionais, cognitivas, experienciais) para lidar com os momentos de frustração. O que mais importa sobretudo é saber agir em prol da frustração sentida e não deixando que isso se torne num comportamento menos assertivo.

É sempre muito difícil assumir que o comportamento que estamos a ter nesse momento é uma birra, porém devemos levantar a questão: o quanto isso está a afetar a minha relação com os outros?

Uma boa forma de aprender a gerir as nossas birras (reação à frustração) é iniciar um processo de crescimento pessoal através da compreensão: quando é que a birra se dá, porque é que ela se dá, quais os sentimentos e pensamentos associados a ela e, a partir desse momento definir um conjunto de estratégias para contornar essa reação mais impulsiva e tão própria do nosso sistema.

Deixe o seu comentário sobre o tema e partilhe connosco a sua experiência.

Para informações e agendamento de consulta clique aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close