Os Efeitos Psicológicos dos Animais de Estimação na Nossa Vida

Certamente muitos de nós já nos questionamos como é que um animal de estimação pode transmitir tanto amor e afeto na relação que estabelece com o ser humano. Os animais apresentam-se como fieis aos seus donos e cada vez mais fazem parte das novas gerações das dinâmicas familiares e dos seus contextos específicos. Por outro lado, certamente também já ouviu falar sobre resultados comprovados da terapia assistida por animais e na sua componente de contribuição terapêutica. Mas o que será que está na génese desse entendimento?Em 2015, foi publicado um estudo que pretendia compreender o papel dos animais de estimação no contexto familiar e o motivo que leva a que essa tendência esteja cada vez mais a aumentar. Embora este estudo em particular tenha sido realizado no Brasil em 2014 e com uma amostra por conveniência os dados são muito semelhantes a que outras investigações têm revelado. Das 40 pessoas inquiridas, todas elas tinham pelo menos um animal de estimação de pequeno porte. Das 40 pessoas 30% tinha mais do que dois animais a coabitar no mesmo espaço físico que a sua família e 80% do total dos entrevistados considerava o seu animal como membro familiar.

A Integração dos Animais de Estimação no Contexto Familiar

Vários estudos nos últimos anos têm-se dedicado a tentar compreender que alterações têm vindo a ter lugar nas dinâmicas familiares e que se corelacionam com os animais de estimação. Uma das principais conclusões destes estudos foi o fato dos animais de estimação estarem cada vez mais integrados no seio da família, dando importância a uma nova organização familiar. Verificou-se cada vez mais um vínculo afetivo entre os seus elementos (homem-animal).

Numa lógica mais recente do conceito de família, subentende-se esta não baseada na consanguinidade (como acontecia no passado), mas destacando que esta se carateriza pela proximidade entre os seus elementos e pelo facto de partilharem o mesmo espaço físico.

O Padrão Relacional entre a Pessoa e o Animal de Estimação e os seus Benefícios

 

Observa-se que os humanos têm desenvolvido a sua capacidade para se relacionarem com elementos de outras espécies, tal como o fazem dentro da sua própria especificidade. Isso justifica o facto de cada vez mais as pessoas sentirem um vínculo muito próximo de cuidado e proteção em relação aos animais de estimação.

Hoje sabe-se que se estabelecem vínculos emocionais cada vez mais fortalecidos com os animais de estimação. os cães e os gatos são os animais que habitam em maior relação nos contextos familiares, porém podem-se verificar outros (por exemplo, coelhos, hamsters, tartarugas, peixes, etc.).

A investigação mais recente sobre este tema, aponta para mudanças positivas no comportamento da pessoa, promovendo a aquisição de competências e o papel de responsabilidade em múltiplos contextos culturais. Por outro lado, contribui para a promoção da saúde física, psicológica e emocional da pessoa.

Para além destes aspetos gerais, destaca-se ainda segundo diversos autores e baseado em diferentes estudos:

– Contribui para o aumento da autoestima

– Contribui para a redução de sintomatologia depressiva

– Contribui para a diminuição do stress

– Contribui para a diminuição do isolamento social

– Contribui para o aumento de sentimentos de segurança e bem-estar

A Sensibilidade e Capacidade Animal para Interpretar os Nossos Comportamentos

 

Na perspetiva da Associação Americana de Medicina Veterinária a relação pessoa-animal é vista como “uma relação dinâmica e mutuamente benéfica entre pessoas e outros animais, influenciada pelos comportamentos essenciais para a saúde e bem-estar de ambos. Isto, inclui as interações emocionais, psicológicas e físicas entre pessoas, demais animais e ambiente” (Faraco, 2008).

Por outro lado, existem algumas conexões comuns, por exemplo, estudos apontam para a existência de uma sensibilidade nos animais para interpretarem a nossa linguagem corporal, sendo capazes de captar sentimentos e intenções. Em paralelo, por serem detentores de uma capacidade olfativa muito apurada, conseguem através de uma analise da alteração química do nosso corpo, identificar o nosso estado geral, o que inclui a saúde e o humor.

A boa relação entre a pessoa e o animal trás benefícios para ambos.

Um outro aspeto a destacar centra-se na ideia que os animais tendem a demonstrar afeto e relação de forma desinteressada e coerente, isto é, relacionando-se com o seu dono sem querer nada em troca. Por outro lado, são bastante coerentes com as suas reações, transmitindo uma sensação de segurança e conforto emocional à pessoa baseado na lógica de fieldade incondicional.

Em última instância…ter uma relação diária com um animal de estimação contribui significativamente para a felicidade (Niven, 2001):

“A relação com os animais proporciona-nos uma alegria imediata e provoca sentimentos positivos que contribuem fortemente para a nossa felicidade. Ter um animal de estimação aumenta as probabilidades de felicidade em vinte e dois por cento”.

Retirado e adaptado de: https://psicologado.com.br/abordagens/comportamental/novas-configuracoes- familiares-e-vinculo-com-os-animais-de-estimacao-numa-perspectiva-de-familia-multiespecie

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close